quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Congresso aprova salário mínimo de R$ 965 para 2018

Congresso Nacional aprovou no fim da noite desta quarta-feira (13) o Orçamento da União de 2018. O valor total é de R$ 3,5 trilhões, incluindo o refinanciamento da dívida pública.

A proposta define as receitas e as despesas dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário para o ano que vem.
Mais cedo, nesta quarta, o projeto já havia sido analisado e aprovado pela Comissão Mista de Orçamento do Congresso.

Entre outros pontos, o Orçamento do ano que vem prevê a destinação de R$ 1,7 bilhão para o fundo eleitoral criado para financiar as campanhas eleitorais com dinheiro público.

O fundo será abastecido, em parte, com 30% das emendas parlamentares de bancada – indicações de deputados e de senadores de obras e serviços que deverão receber verbas do Orçamento.

O Fundo Partidário, que já existia e destina recursos às legendas, terá o valor proposto pelo governo: R$ 888,7 milhões.

Ainda no texto, está prevista a destinação de R$ 250 milhões para a implantação do voto impresso, exigência aprovada na reforma política que passou no Congresso em outubro.


Salário mínimo
O projeto aprovado na comissão manteve o valor do salário mínimo proposto pelo governo, de R$ 965.

O valor é definido por um cálculo que leva em conta a inflação do ano anterior e o crescimento do PIB de dois anos antes.

No entanto, o valor definitivo do salário mínimo para 2018 só será conhecido depois que o presidente Michel Temer assinar um decreto – no fim deste ano – com a atualização do cálculo previsto na legislação.

O projeto vai à sanção prevendo um déficit primário de R$ 157 bilhões para o governo federal no próximo ano. O número é um pouco menor do que os R$ 159 bilhões determinados pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) como meta fiscal para o próximo ano de 2018.

Pernambuco: a guerra por 2018

De Marisa Gibson, na sua coluna DIARIO POLÍTICO desta quinta-feira:

O vale-tudo para ganhar 2018  entre o Governo Paulo Câmara (PSB) e o presidente Michel Temer (PMDB), representado no estado pelo grupo de oposição, começa a ganhar contornos mais agressivos, onde uma fotografia ou a omissão do registro fotográfico pode representar muito para os dois campos.

Convidada para o anúncio da liberação dos R$ 68 milhões – recursos da emenda da bancada destinados às obras da Adutora do Agreste – a bancada federal pernambucana não foi ao Palácio do Planalto, onde haveria o registro fotográfico, ao lado do presidente Temer, dos ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha (PMDB), da Integração, Hélder Barbalho (PMDB), da Educação, Mendonça Filho (DEM) e de Fernando Filho (sem partido), além do senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB). E, sem a foto com a bancada, havia o risco de não haver liberação dos recursos.

Então, Helder Barbalho telefonou para Fernando Monteiro (PP) convocando-o para a foto, que pode ser vista na página A-3 desta edição. Também na ânsia de capitalizar a liberação dos recursos, o Palácio das Princesas divulgou a informação antes mesmo do Palácio do Planalto e, claro, sem a fotografia do presidenteTemer junto com os ministros, ressaltando apenas o esforço de Paulo para conseguir o dinheiro.

O governador ainda agradeceu à bancada, mas as articulações de Fernando Monteiro foram decisivas. É ele, deputado aliado do Planalto e fiel ao presidente, quem faz o papel de interlocutor do Governo Paulo junto ao Governo Temer, desde que o vice Raul Henry (PMDB) perdeu o posto.

De Marisa Gibson

Grupo que desviou R$ 18 mi em recursos da Prefeitura de Quipapá é alvo de operação

Uma organização criminosa investigada por fraudar licitações para contratação de serviços pela Prefeitura de Quipapá, na Mata Sul do Estado, é alvo de uma operação deflagrada nesta quinta-feira (14) em seis cidades pernambucanas. Dados preliminares apontam que, somente em Quipapá, a quantia de dinheiro desviado pelo esquema chega a R$ 18 milhões, dos quais R$ 3,5 milhões seriam de recursos federais.

A Operação Gênesis é realizada pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU) em parceria com a Polícia Civil de Pernambuco. São cumpridos, ao todo, 15 mandados de busca e apreensão. Além de Quipapá, também ocorrem ações nas cidades de Garanhuns, Correntes, Terezinha, Caruaru e no Recife. O material apreendido está sendo levado para a sede do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri).

O modus operandi do grupo inclui a atuação coordenada de empresas e agentes públicos para direcionar os processos licitatórios, assegurando que os contratos sejam firmados com empresas fantasmas. A operação conjunta mobiliza um total de 70 policiais civis, 12 integrantes do Grupo de Apoio Especializado ao Combate às Organizações Criminosas do MPPE (Gaeco) e oito servidores da CGU.

Por: Marcos André Fonte:FolhaPE

"Quero ser inocentado para ser candidato', diz Lula

Em evento com catadores de materiais recicláveis em Brasília, o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva voltou a repetir que quer ser inocentado pela Justiça para voltar a concorrer à presidência da República. "Todo santo dia fazem uma denúncia contra o Lula. Estou desafiando: me provem um pneu de bicicleta velho rasgado que eu tenha roubado. Se provarem eu venho aqui e peço desculpas. Não vou aceitar ser candidato para não poder ser preso. Quero ser inocentado para ser candidato", disse o petista na Expocatadores.

Em um evento típico de pré-campanha, Lula criticou os que vestem camisa amarela e "gastam o dinheiro em Miami", e culpou a classe média pelos 14 milhões de desempregados. "Prefiro os que vestem camisa vermelha e gastam o dinheiro aqui", discursou. 

Na sequência, o presidente de honra do PT mandou um recado: "Tem uma parte da imprensa que não gosta de mim e vou dizer: vou voltar e fazer muito mais do que nos últimos oito anos."

Lula disse que o País só vai dar certo no dia em que os mais pobres forem tratados com respeito e pregou que o "bolo" precisa ser dividido de forma mais justa. "Enquanto tiver um governo cortando Orçamento, destruindo as empresas e tratando os mais pobres com desrespeito, esse País não vai dar certo", destacou.

O petista foi recebido aos gritos de "guerreiro", "fora, Temer" e "volta, Lula". Quando era presidente da República, Lula costumava participar do evento de Natal com os catadores. "Se tudo tivesse bem nesse País, não precisaria discutir com o partido se vou ou não ser candidato", afirmou.

No discurso de 15 minutos, Lula destacou que algumas pessoas que governaram o País não sabem o que é uma criança morrer de desnutrição e que, por saber isso, fez do combate à fome sua razão de vida. "Eu cada vez que encontro com vocês fico descobrindo porque uma parte da elite tem tanto ódio do Lula", declarou. 

O petista disse ter orgulho da evolução dos catadores, que tem prazer em ver filho de catador fazendo curso de medicina, e que em seu governo todos evoluíram, de banqueiros, usineiros a indústria automobilística, pois "ganharam muito dinheiro". "Algumas pessoas não querem gostar de nós, por isso deram o golpe em Dilma", concluiu, referindo-se ao processo de impeachment da ex-presidente da República Dilma Rousseff.


Por: Agência Estado

MInistério Público de Pernambuco fiscaliza pagamento do 13º pelas prefeituras de PE

O fechamento das contas das prefeituras causa dores de cabeça não só para os gestores, mas também para os órgãos de fiscalização. Neste ano, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) ingressou com oito inquéritos civis, três recomendações, três Termos de Ajustamento de Conduta (TAC) e uma ação civil pública contra administrações municipais que enfrentam atraso de salário e ameaçam de não pagar o décimo terceiro salário.

As ações acenderam sinais de alerta do órgão de fiscalização para o fechamento das contas de fim de ano das gestões municipais. O maior temor é que os gestores aproveitem o recesso do mês para escapar da fiscalização.

"Se já estão atrasando o salário é porque o décimo terceiro também corre risco. A preocupação é que o MPPE fecha por conta do recesso de fim de ano e estamos vendo que muitas prefeituras estão deixando para pagar os salários mais tarde. Isso evidencia o risco da população ficar sem ver a cor do dinheiro do salário e não ter a quem recorrer. As pessoas sempre dão um voto de confiança aos prefeitos e acreditam nas suas promessas. As queixas só aparecem quando têm atraso", afirma o promotor Maviael Souza.

Estão na mira de inquéritos civis por irregularidades no pagamento dos servidores as prefeituras de Inajá, Buíque, Itaíba, Glória do Goitá, Mirandiba e Jaboatão dos Guararapes. Esta última gestão enfrenta a ação por não cumprimento do piso salarial dos professores. Já as recomendações atingiram as gestões de Olinda, Itamaracá e Mirandiba. Contra Palmeirina uma ação civil pública noticiou o atraso geral de pagamento de salários de servidores ativos, inativos, pensionistas, contratados e em exercício de cargos comissionados.

Muitas administrações, visando minimizar os efeitos de sanções, estabeleceram com os promotores da região acordo para garantir o pagamento dos salários dos servidores. É o caso de Moreilândia, Custódia e Águas Belas. Caso descumpram o estabelecido, os gestores enfrentarão sanções do MPPE.

Em Agrestina, a Nova Orion informática e gráfica em novo endereço

A Nova Orion informática e gráfica, informa aos clientes e amigos que está em novo endereço. para atender melhor os seus clientes. Agora na rua Coronel Manoel Alves, Nº115. 

A reinauguração será nesta sexta-feira, dia 15 de dezembro. 

Trabalhando com Adesivos, currículo, Banner, Brindes, Cartazes, Cardápio em PVC, Cartão de Visita, Convites, Encadernação, Encarte, Faixas, Panfletos, Plastificação, Bloco de Notas, XEROX, Desbloqueio de Celulares, Instalação de Jogos e Programas, Formatação em Celulares e Notebooks, Manutenção em Computadores.

Transferência de Músicas, Fotos, Vídeos P\ Celular, Cartão SD ou Pen Drive, Slides com Fotos e Músicas, Gravação de CD/DVD.

Com a organização de Airton Alisson.

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Petrobras anuncia altas nos preços da gasolina e do diesel

A gasolina vai subir 1,40% e o valor do diesel terá alta de 1,80%


A Petrobras anunciou um novo reajuste para os combustíveis, com aumento de 1,40% no preço da gasolina nas refinarias e alta de 1,80% no do diesel. Os novos valores valem a partir desta terça-feira (12)
A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Avaliação

Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente.
Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.

Do JC